Epitácio Pessoa/AE
Epitácio Pessoa/AE

Pontualidade das micro e pequenas empresas é a menor em cinco meses

Crise internacional começa a afetar os negócios no País

estadão pme,

24 de novembro de 2011 | 08h54

 Dados divulgados hoje pela Serasa Experian indicam que a crise financeira internacional e a atual desacelaração da economia brasileira já afetam as micro e pequenas empresas, que atingiram o menor nível de pontualidade de pagamentos dos últimos cinco meses encerrados em outubro.

De acordo com os dados, a pontualidade atingiu 94,7% - ou seja, a cada 1000 pagamentos realizados, 947 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. Na comparação com o mês imediatamente anterior, setembro, a pontualidade caiu 0,6 ponto porcentual. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a pontualidade recuou 0,8 ponto porcentual, segundo os indicadores.

Para os especialistas da Serasa, a crise na Europa e Estados Unidos, e a estagnação interna, têm pressionado a geração de caixa das micro e pequenas empresas, o que dificulta a realização dos pagamentos em dia.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

O maior nível de saldo das dívidas em dia foi do comércio (95,4%). A pontualidade da indústria foi de 94,2% e do setor de serviços de 93,8%.

Acompanhe abaixo a trajetória de pontualidade conforme o mês deste ano:

Outubro: 94,7%

Setembro: 95,3%

Agosto: 95,2%

Julho: 94,9%

Junho: 95,1%

Maio: 94,5%

Abril: 94,6%

Março: 94,3%

Fevereiro: 94,8%

Janeiro: 94,7%

::: LEIA TAMBÉM :::

:: Cai pontualidade da pequena empresa ::

:: Crise vai afetar as exportações das pequenas ::

:: Economia do País encolhe ::

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.