Reprodução
Reprodução

Pizza europeia que leva até algas na receita promete ser mais saudável que as tradicionais

A receita é parecida com o produto tradicional, e esse pode ser o segredo do sucesso da companhia

Estadão PME,

07 de dezembro de 2013 | 07h35

Empresa do Reino Unido produz pizzas saudáveis, que levam algas na receita. O produto tem 600 calorias e a fabricante afirma que é saudável o suficiente, com pouca gordura e sódio e rica em proteínas, fibras e outros 40 nutrientes.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A alga presente na Eat Balanced, informa a empresa, representa um nível de sódio de 3,5% enquanto o sódio presente no sal em outras marcas de pizzas chega a 40%. Além de fornecer o gosto salgado, a alga acrescenta no alimento outros nutrientes importantes, como ferro, iodo e vitamina B12, de acordo com o site da Fast Company.

"Nosso conceito é de uma pizza pequena, mas você não deve se sentir como se precisasse de outra quando terminar (de comer), porque a quantidade de proteínas e fibras proporcionam satisfação", afirma o ex-triatleta e médico Donnie Maclean, que criou o produto junto com Mike Lean, nutricionista da Universidade de Glasgow.

Maclean afirma que após aplicar as coberturas na pizza, o cheiro e o sabor das algas não são mais sentidos. Outra decisão que deu certo, conta o empreendedor, foi manter ingredientes saborosos e tradicionais das pizzas, ou seja, não ousar demais por meio de sabores diferentes ou até mesmo estranho ao cardápio convencional. "Se eu fizesse pizzas de brócolis e repolho, ninguém iria querer", diz.

Após um ano de experiência no mercado local, a empresa quer lançar uma  linha para crianças e também encontrar parceiros comerciais nos Estados Unidos para licenciar e distribuir seus produtos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.