Jose Luis da Conceição/Estadão
Jose Luis da Conceição/Estadão

Pitchsampa busca projetos para inovar serviços públicos de SP

Participante finalista recebe R$ 74 mil, divulgação e mentoria de especialistas

Elisa Calmon Ferreira, O Estado de S.Paulo

05 de maio de 2019 | 06h00

ESPECIAL PARA O ESTADO

A iniciativa Pitchsampa, que tem como objetivo estimular propostas inovadoras para otimizar o serviço público paulistano, está com as inscrições abertas. Os projetos devem ser baseados a partir de software livre e códigos abertos e podem ser apresentadas por MEIs, microempresas e empresas de pequeno porte.

Na primeira etapa, serão selecionados três ideias que irão concorrer ao prêmio final de R$ 74 mil para colocar a solução em prática. Mais informações estão disponíveis no site do programa que é promovido pela Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT).

Leia mais

::  A trajetória de Michelle Obama mostra como se liderar como uma mulher

:: Feiras em praças e museus funcionam como marketplace a céu aberto

O Pitchsampa busca alternativas inteligentes para atender duas demandas do serviço público. Uma delas é a criação de um sistema automatizado para avaliar qualidade de atendimento do SP156, portal de atendimento por telefone da Prefeitura. O outro desafio é a elaboração de uma ferramenta tecnológica que permita o monitoramento, gestão e avaliação em tempo real das unidades de Telecentros municipais, garantindo suporte mais ágil a esses equipamentos.

Na etapa semifinal, as três melhores soluções apresentadas participam de uma imersão para desenvolvimento de uma prova de conceito. Em seguida, receberão R$ 6 mil para aprimorar os projetos. Além da quantia em dinheiro, contarão com a mentoria de servidores e gestores públicos especialistas. Dentre eles, analistas de planejamento e desenvolvimento organizacional, tecnologia da informação, inclusão digital e outras ferramentas de inovação.

Para os interessados em elaborar inovações para a capital paulista, o Pitchsampa é também uma oportunidade de ter acesso a dados e informações de programas realizados pelo município e ter o trabalho divulgado nos canais de comunicação da Prefeitura de São Paulo. As inscrições para o projeto, que acontece com o apoio da Endeavor Brasil e o Brazil Lab estão abertas até o dia 29 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.