Divulgação
Divulgação

Pingente permite a mulher simular ligação falsa para escapar de cantadas indesejadas

Produto tem outra função: enviar um sms de emergência se a usuária pressentir que está em perigo

ESTADÃO PME,

27 de maio de 2014 | 10h21

Um discreto colar ou pulseira com pingente inteligente com uma função: evitar situações desagradáveis para mulheres. Essa é a  simples solução encontrada pela empresa que criou o The Guardian Angel, na verdade, um dispositivo capaz de simular uma ligação no próprio smartphone da usuária do colar ou até mesmo avisar um amigo quando a situação for considerada pela mulher mais perigosa.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

É isso mesmo. O pingente tem um pequeno botão. Quando acionado, ele simula uma ligação falsa no smartphone - uma válvula de escapa para aquele sujeito inconveniente que tenta aplicar uma cantada enquanto a mulher só quer conversar de maneira tranquila com as amigas em um bar, por exemplo.

Mas há outra função no The Guardian Angel. Se o botão permanecesse pressionado por três segundos, uma mensagem de SOS é enviada por um número designado pela própria usuária. Essa mensagem revela, por meio de geolocalização, o local exato em que a pessoa está naquele momento.

O próprio site da empresa afirma que o dispositivo pode ajudar a evitar estupros - a empresa afirma que uma pesquisa norte-americana revela que perto de 22 milhões de mulheres já foram violentadas, 80% delas antes de completarem 25 anos. O produto pode ser comprado pela internet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.