Mônica Bento/AE
Mônica Bento/AE

PIB deste ano deve ficar entre 3% e 3,2%, diz FGV

Para 2012, a projeção é de que a economia brasileira tenha expansão de 3,5%

Daniela Amorim, Agência Estado,

21 de novembro de 2011 | 18h39

 O Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) fez uma previsão de que o crescimento do PIB ficará entre 3% e 3,2% em 2011. Para o próximo ano a previsão é de expansão da economia brasileira de 3,5%. "Sabemos que o PIB será mais fraco neste terceiro trimestre, e provavelmente no quarto trimestre também", afirmou a pesquisadora da FGV Silvia Matos.

Outra previsão do Ibre é de que a taxa Selic chegue a 10% em 2012, mas pode cair ainda mais dependendo do resultado da economia do primeiro trimestre do ano que vem. "Vai depender muito da balança do risco. Se a crise piorar pode baixar mais. Mas se a inflação continuar a pressionar pode ficar em torno disso (10%)", afirmou Silvia.

A economista previu que em 2012 os preços dos alimentos vão pressionar menos a inflação. A estimativa é de que inflação medida pelo IPCA feche 2012 ao redor de 5,4%. "A inflação continua resistente, mas está melhor. Talvez em 2013 esteja convergindo para o centro da meta", declarou a pesquisadora da FGV.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Tudo o que sabemos sobre:
PIBEconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.