JF Diorio/AE
JF Diorio/AE

PIB da construção deve crescer 4,8% em 2011 e 5,2% 2012

Elevação do nível de emprego no setor e do consumo de cimento sustentam previsão

Circe Bonatelli, Agência Estado,

06 de dezembro de 2011 | 12h25

 O Produto Interno Bruto (PIB) da construção civil deverá crescer cerca de 4,8% em 2011 e 5,2% em 2012, de acordo com estimativa divulgada nesta terça-feira, 6, pelo Sinduscson-SP. O dado estimado para 2011 é uma revisão em relação ao índice de 5% que havia sido anunciado em setembro.

A entidade aponta, entre os fatores que sustentam o prognóstico, a elevação de 9,2% no nível de emprego no setor no acumulado do ano (de janeiro a setembro) ante o mesmo período do ano anterior. Outro dado citado pela entidade é o crescimento de 7,8% no consumo de cimento no ano até o mês de novembro.

Segundo o vice-presidente de Economia do Sindicato, Eduardo Zaidan, houve um ajuste nas estimativas após a divulgação do PIB de 2009. "Trabalhávamos com a previsão de que a construção havia crescido 1% naquele ano, quando na verdade o setor cresceu

8,3%. Com isso, revimos nossa expectativa para os anos seguintes. Agora estimamos que a construção tenha crescido 15,2% em 2010, e neste ano deverá crescer 4,8% sobre essa base aumentada", explicou.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Tudo o que sabemos sobre:
PIBConstruçãoEconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.