Empresário britânico já conta com integrantes da realeza entre os clientes
Empresário britânico já conta com integrantes da realeza entre os clientes

Pequeno empresário britânico investe em serviço de customização de carros oficiais

Serviço custa a partir de US$ 322 mil

Estadão PME,

06 de maio de 2015 | 07h00

O serviço de customização de carros oficiais, ou para colecionadores e entusiastas, é realizado por empresas tradicionais há muito tempo. Agora, porém, pequenos e médios empresários têm se arriscado nesta empreitada. É o caso da britânica Senzati, que ingressou há pouco tempo no mercado de veículos sob demanda.

"É como adquirir um super-iate. Sempre que você o quiser, o terá", explica o fundador da Senzati, Dave Clarke, sobre a importância desse tipo de veículo para quem os tem. A empresa tem direcionado o foco dos serviços para vans das marcas Mercedes-Benz e da Volkswagen.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Passados três meses após o lançamento oficial de sua pequena firma, o que aconteceu em fevereiro, Clarke já turbinou cinco carros de luxo para colecionadores na Malásia, Indonésia e Reino Unido. Sua lista de clientes hoje inclui a realeza e líderes de Estado. Todos nomes confidenciais, é claro.

Clarke garante que suas vans têm algumas características exclusivas, como uma "porta-recepcionista". Trata-se de uma porta elétrica que permite aos prestadores de serviço se movimentarem entre o compartimento do motorista e a área dos passageiros, como fazem os comissários de bordo de jatos particulares. Quando os passageiros querem um serviço, o funcionário fica visível através da porta. Quando querem privacidade, a porta se fecha e a pessoa "desaparece".

As vans customizadas por Clarke contam com TVs e banheiros personalizados custam a partir de US$ 322 mil.

Tudo o que sabemos sobre:
Vanscarros customizadosrealeza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.