Paulo Liebert/AE
Paulo Liebert/AE

Pequenas e médias esperam aumentar faturamento com Dia dos Pais

Otimismo deve vir acompanhado de planejamento para aproveitar a data ao máximo

ESTADÃO PME,

01 de agosto de 2011 | 09h01

Levantamento feito pela Serasa Experian aponta que mais da metade das médias e pequenas empresas esperam incrementar o faturamento no Dia dos Pais deste ano em relação ao ano passado. Os mais otimistas são os médios empreendedores: 65% deles acreditam em faturamento superior ao registrado em 2010. No caso dos pequenos, 55% deles apostam que terão desempenho melhor.

Ainda de acordo com a sonadagem, os presentes que serão mais oferecidos, segundo os próprios varejistas, serão roupas, sapatos e acessórios (56%). Em seguida, a aparecem os celulares e smartphones (19%) e produtos de perfumaria e cosméticos (9%). Os varejistas ainda esperam, em 2011, que os consumidores gastem em média até R$ 100 com o presente dos pais.

O pequeno e médio empresário do varejo deve saber que as datas comemorativas representam uma parcela significativa das vendas, portanto, é preciso investir em planejamento para aproveitar ao máximo o apelo comercial dessas datas. Para conquistar vendas maiores, confira algumas dicas preparadas pela equipe do Estadão PME para você.

Informação - Fazer pesquisas, pedir para que os funcionários reúnam o maior número possível de informações sobre o comportamento do cliente e reunir dados sobre os concorrentes são maneiras de antever o que acontecerá em seu setor durante as datas comemorativas.

Planejamento - Definir as metas para essas datas comerciais, estipular o volume de compras para esses eventos e quantas pessoas eventualmente precisarão ser contratadas como temporárias são decisões que precisam ser tomadas com muita antecedência. E quanto mais cedo o planejamento for executado, maior será sua economia.

Treinamento - O empresário deve comunicar suas diretrizes aos funcionários e prepará-los desde já para as tarefas que executarão nessas datas comemorativas do comércio. Com isso, ele minimizará erros e não precisará realizar treinamentos quando a empresa estiver a todo vapor por causa das vendas.

Precaução - Cada estratégia desenhada deve ser sucedida de um plano B, para o caso das coisas não saírem da maneira que se esperava - para o bem e para o mal. Consulte sua equipe de vendas constantemente para monitorar sempre a temperatura do mercado.

LEIA TAMBÉM:

Veja nosso especial sobre o Natal

Saiba como aproveitar a Copa do Mundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.