Divulgação
Divulgação

Pequena empresa da Califórnia ganha comercial de US$ 4 milhões na final do Super Bowl

Empreendimento participou de promoção e foi escolhida pelo voto popular

ESTADÃO PME,

31 de janeiro de 2014 | 13h06

 Uma pequena empresa norte-americana conseguiu algo que multinacionais multibilionárias disputam (quase) no tapa. O empreendimento, uma fábrica de brinquedos com sede na Califórnia, ganhou um comercial em um dos intervalos do Super Bowl deste domingo (dia 2). Para se ter uma ideia do tamanho do prêmio, trinta segundos de publicidade na transmissão da final do campeonato de futebol americano custam US$ 4 milhões (algo em torno de R$ 9,6 milhões).

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A GoldieBlox, que faz brinquedos para estimular o aprendizado e o conhecimento de meninas, participou de uma competição organizada pela Intuit e que permitiu a qualquer pequeno empreendedor norte-americano - desde que contasse com menos de 50 funcionários - ter a oportunidade de ganhar o comercial.

A escolha foi feita por meio de voto popular, após algumas rodadas de seleção onde foram apontados os quatro finalistas da competição. A promoção começou no fim de julho do ano passado e terminou no dia 1º de dezembro. Os custos de produção do comercial também foram contemplados pela promoção.

A empresa foi criada por Debbie Sterling, que cresceu em uma pequena cidade de Rhode Island. No site da empresa, ela conta que formou-se em engenharia mecânica e design de produto em Stanford.

A final do Super Bowl entre Denver Broncos e Seatle Seahawks ocorre neste domingo, por volta das 21h (Horário de Brasília) em Nova York.

Confira (alguns) detalhes do comercial produzido para o pequeno negócio.

Tudo o que sabemos sobre:
superbowl

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.