Nilton Fukuda|Estadão
Nilton Fukuda|Estadão

Pedro Herz: 'Não existe negócio sem risco'

Dono da Livraria Cultura falou sobre os principais desafios para empreender no Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2017 | 17h18

Não há fórmulas prontas para gerir um negócio. Foi o que ressaltou o empresário Pedro Herz, dono da Livraria Cultura, durante o primeiro dia da Semana Pró-PME, nesta quinta-feira (26), em São Paulo. “Não existe negócio sem risco. Você precisa ter uma dose de conservadorismo, mas vai se arriscar em algum momento. E se arriscar é cumprir um compromisso que você firmou com alguém.” Porém, o empresário completou “o problema é que a palavra compromisso está caindo do vocabulário. Ninguém está muito preocupado em cumprir o que combina”, ponderou.

Nesta tarde, o Pedro Herz participou do Encontro PME, uma das atrações da Semana Pró-PME, onde conversou com empreendedores e pequenos empresários sobre  o futuro do empreendedorismo  e os desafios que o próximo ano reserva.

Para o empresário, todo empreendedor vai errar ou não saber o que fazer em algum momento da sua trajetória profissional. Assim como também vai tomar uma decisão equivocada e que pode não ser a melhor alternativa para o negócio. “Estratégia de inovação que dá certo não é como uma mágica, que você pensa e acontece. As coisas vão aos poucos. Na Cultura (Livraria) estamos recém aprendendo a diversificar”, diz.

O empresário ainda falou sobre a compra da Fnac, os próximos passos da Livraria Cultura e os desafios que os brasileiros têm pela frente. A cobertura completa você vai conferir no próximo dia 6, em uma edição especial que será publicada sobre o evento.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Empreendedorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.