Paulistano monta bar onde o cliente fabrica sua própria cerveja

No estabelecimento de Simon Zakaria, na Mooca, cervejeiros pagam R$ 400 para desenvolverem produto com rótulo e identidade próprias

Renato Jakitas, Estadão PME,

18 de junho de 2014 | 12h30

O estabelecimento A Boa Cerveja não é apenas uma combinação de loja e bar especializado em cervejas artesanais. A casa conta com uma sala cervejeira onde os clientes podem criar a própria receita. O idealizador do local, o analista de sistemas Simon Zakaria, contou sobre o negócio durante a edição de sábado (14) do programa PME Entrevista que vai ar ao toda semana na Rádio Estadão.

1º BLOCO

No primeiro módulo ele conta como um analista de sistemas e enólogo amador desenvolveu o conceito de um bar onde o cliente fabrica sua própria cerveja. Ele também dá detalhes do funcionamento do processo e como ele faz para buscar mão de obra especializada, já que todos os garçons da Boa Cerveja, o nome do estabelecimento, têm formação técnica como sommelier na área. (Clique na imagem para ouvir a entrevista)

2º BLOCO

No segundo bloco, Zakaria dá sua opinião sobre a expansão do mercado de cervejas artesanais no Brasil, a concorrência com as grandes marcas dos setor e como ele se divide seu tempo, já que ele não largou o emprego de analista de tecnologia de informação no mercado financeiro para se dedicar exclusivamente ao negócio. (Clique na imagem para ouvir a entrevista)

 

:: Ouça também ::

Empresa aposta em servir sushi dentro de casa

 

Depois da Rolando Massinha, empresário aposta em espetinho, waffle e até na comida thai

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.