Ayrton Vignola/AE
Ayrton Vignola/AE

Oito estratégias que ajudam qualquer empresa a ser vitoriosa no mundo dos negócios

Lista elaborada pelo Sebrae-SP ajuda pequeno empresário a começar seu empreendimento com o pé direito

ESTADÃO PME,

15 de fevereiro de 2012 | 14h32

 Você sabe com exatidão qual o objetivo da empresa que pretende abrir? E você já formulou o seu diferencial competitivo, aquilo que tornará o seu negócio diferente de todos os outros em funcionamento? Sem ter respostas na ponta da língua para essas e outras tantas questões, analisam os especialistas do Sebrae-SP, é melhor nem sequer abrir um empreendimento.

Pensando em facilitar a tarefa daqueles que pretendem enveredar pelo caminho do empreendedorismo, o Estadão PME preparou uma lista com oito estratégias que qualquer pessoa pode seguir antes de começar um negócio próprio. A lista faz parte de material elaborado pelo Sebrae-SP com as dúvidas mais frequentes dos pequenos empresários.

Todas elas integram aquilo que o empresário pode chamar de plano de negócios, algo considerado muito importante para o sucesso da empresa. Foi a formatação de um conjuunto de estratégias deste tipo, aliás, que fez com que a empresa Tempero Mídia reformulasse o seu foco de atuação.

Ao analisar custos, a concorrência e a demanda do mercado, os proprietários do empreendimento mudaram seus objetivos e passaram a atuar no promissor segmento de sinalização digital no ponto de venda. "A gente não imginava o quanto teríamos de revolucionar o nosso negócio", afirmou Bernardo Dinardi, um dos sócios da empresa.

>> Conheça a história da Tempero Mídia

Confira, agora, as estratégias que você deve adotar antes mesmo de abrir as portas:

1) Defina com clareza quais são os objetivos e o foco da empresa.

2) Descreva a ideia do seu negócio por meio dos produtos e serviços a serem oferecidos ao mercado.

3) Defina qual será o seu diferencial competitivo.

4) Descreva os pontos fortes e fracos do seu negócio e de seus concorrentes.

5) Defina em qual segmento a sua empresa pretende atuar.

6) Descreva as informações que você já possui a respeito de quem são seus fornecedores e concorrentes.

7) Defina qual será a cadeia de suprimentos da futura empresa.

8) Certifique-se da viabilidade financeira do seu negócio, bem como descreva quais serão as origens (fontes) e destinos (usos) dos recursos monetários do empreendimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.