Óculos inteligente avalia postura e cansaço do usuário pelo movimento dos olhos

Jins Meme, desenvolvido no Japão, pode ter aplicação no mercado de automóveis

Estadão PME,

19 de janeiro de 2015 | 06h50

 A fabricante de óculos japonesa Jins desenvolveu um óculos inteligente que faz monitoramento corporal por meio do movimento dos olhos. O Jins Meme, como foi batizado o óculos, parece um óculos normal mas tem sensores que informam ao usuário se ele está com sinais de fadiga mental ou, por exemplo, se precisa corrigir a postura.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Os sensores do aparelho se encontram nas ponhtas das hastes e no apoio para o nariz. Eles medem a potência elétrica em movimentos oculares e as diferenças entre córnea e retina para ser verificada em relação aos padrões de alerta. Feita a avaliação ocular, os óculos emitem sinais para um aplicativo instalado no celular que informa o usuário se ele precisa descansar.

As aplicações do Jins Meme podem ser interessantes para a indústria automobilística, por exemplo, já que ele pode indicar se a pessoa está sonolenta ou não. Tanto que a Denso, uma multinacional que fabrica componentes automotivos, já manifestou interesse na tecnologia.

A empresa tem 270 lojas no Japão, 30 na China e planeja abrir uma nova na cidade de São Francisco (EUA), neste ano. A empresa ainda não informou o preço do Jins Meme, mas adiantou que ele será "acessível".

Tudo o que sabemos sobre:
ÓculosSmartphoneSensores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.