O restaurante de comida japonesa que começou na garagem de uma casa

Conheça a história de Alexandre Saber, o Sasá, que é engenheiro têxtil de formação

Daniel Fernandes, Estadão PME,

10 de janeiro de 2015 | 07h00

A primeira vez que o engenheiro têxtil Alexandre Saber, o Sasá, teve contato com a culinária japonesa foi em 1994, com 22 anos. Mesmo antes de experimentar, ele já colocou na cabeça que queria aprender a fazer os pratos. De um hobby entre amigos, Sasá passou a dar cursos na garagem de casa e inaugurou restaurantes.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Atualmente são dois espaços em São Paulo com previsão de mais uma inauguração em 2015. O negócio do Sasá Sushi ainda inclui uma escola de culinária e uma forte operação de delivery. O empresário contou sua história durante o programa PME Entrevista, que vai ao ar todo sábado na Rádio Estadão.

1º Bloco

No primeiro bloco, Sasá conta como começou o negócio e os planos de crescimento para 2015. Ele planeja a abertura da terceira unidade na Vila Leopoldina e a inauguração da cozinha central. Sasá ainda comenta o potencial da operação de delivery, que responde pela maior fatia do faturamento do negócio. (Clique na imagem para ouvir a entrevista)

2º Bloco

O primeiro negócio de Sasá foi uma confecção, quanto tinha 17 anos. O negócio durou oito anos e o empresário conta no segundo bloco como foi a experiência de empreender tão cedo e o que aprendeu com o episódio. Na segunda parte do programa, Sasá ainda opina sobre os food trucks e os motivos que o levaram a recuar dessa operação. (Clique na imagem para ouvir a entrevista)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.