Fabio Motta|Estadão
Fabio Motta|Estadão

O especialista responde: salário é a única forma de reter talentos?

Especialista do Sebrae-SP explica que, para além da recompensa financeira, empresas podem motivar equipes com outros tipos de benefícios, materiais e imateriais

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de janeiro de 2019 | 16h51

Por Vanessa de Lima e Silva, analista de negócios do Sebrae-SP

As grandes empresas e startups já vêm mudando essa cultura de que o dinheiro é a única opção para recompensar funcionários, ao oferecer benefícios que não necessariamente integram o salário. Os pequenos negócios também precisam mudar sua forma de pensar, pois existem outras formas para motivar equipes. 

O salário pode ser uma porta de entrada, mas não irá reter talentos. Exercer uma boa liderança, oferecer treinamento, conceder premiações e, principalmente, reconhecimento imaterial são ingredientes de motivação de equipes.

Entre as ferramentas e ações que podem ser usadas pela empresa para estimular e motivar a equipe, podemos citar:

- Buscar parcerias que beneficiem os colaboradores e seus familiares, como descontos em farmácias, academias, creches, cursos de idiomas, bolsa parcial ou integral de estudos, vouchers de cinema/teatro/parques/shows, viagens, vale-presente etc.

- Promover evolução na carreira

- Pedir sugestões e recompensar as melhores pelos resultados obtidos

- Celebrar as conquistas, em eventos como happy hour, aniversariantes do mês, café da manhã, viagens, participação nos lucros/bônus

- Distribuir elogios e homenagens

- Envolver funcionários em projetos

- Estimular a participação dos colaboradores na busca de soluções

- Fazer reuniões periódicas para avaliar resultados obtidos

- Conversar individualmente com colaboradores que apresentem problemas ou dificuldades

- Aplicar periodicamente aplicar uma pesquisa de clima organizacional

A empresa precisa saber aonde quer chegar, ter um planejamento estratégico e estipular metas. Posteriormente, dividir as metas por colaborador. Deve-se fazer uma pesquisa com a equipe para identificar quais prêmios e benefícios os funcionários almejam.

Chega de engessar os benefícios e prêmios – igual para todo mundo. Cada geração tem seus desejos e anseios e isso exige estratégias diferentes. Importante: ofereça prêmios em cartão, por exemplo, assim não integrará o salário. E não se esqueça de acompanhar e monitorar a execução das metas. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.