Divulgação
Divulgação

"O crescimento não tem tanto a ver com pisar mais no acelerador", diz fundador do MercadoLivre

Hernan Kazah participou da discussão sobre estratégias de crescimento

ESTADÃO PME,

22 de março de 2013 | 13h25

O segundo dia do Congresso Global de Empreendedorismo contou com a participação do fundador do MercadoLivre, Hernan Kazah. Para o empreendedor, “o crescimento não tem tanto a ver com pisar mais no acelerador, mas com tirar o pé do freio. Em vez de sair correndo atrás de uma nova ideia, trata-se de manter o foco e encontrar os pontos de atrito que estão inibindo o crescimento", disse.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Kazah participou da discussão sobre "estratégias de crescimento: de startup para a marca icônica". Na mesma conversa, o líder do Facebook no Brasil e na América Latina, Alexandre Hohagen, destacou a importância da contratação de pessoas. "Antes de começar a expandir, comece pelo processo seletivo, encontre pessoas que não tenham medo de trabalhar muito, que acreditam no projeto. Foque nas pessoas certas no começo para expandir depois", afirmou.

Mais cedo, na discussão sobre "As ferramentas para construir os empreendedores de amanhã", Yu Zhen, secretário geral da Xangai Fundação Empreendedorismo Tecnológico para Graduados, disse que "Sem dinheiro, empresas não conseguem fazer nada. Somente com dinheiro, elas também não conseguem fazer nada”, pontuou.

A programação do congresso (GEC, na sigla em inglês) segue até quinta-feira, no Rio de Janeiro. A Endeavor transmite os eventos em seu portal.

:: Leia também ::

"Escolha ser feliz e ajeite todo o resto em direção a essa meta", diz Abilio Diniz

Para Patrick Lim, de Cingapura, ser empreendedor é ficar empolgado o tempo todo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.