Coletores espalham luz do sol pelo espaço verde
Coletores espalham luz do sol pelo espaço verde

Nova York pode ter primeiro parque subterrâneo, projeto de uma startup

Lowline, que vai receber luz solar por meio de coletores, será instalado em antigo terminal de ônibus

Estadão PME,

22 de junho de 2015 | 07h20

Uma equipe de empreendedores está tentando transformar uma antiga estação de ônibus elétricos em Nova York, nos Estados Unidos, em um parque subterrâneo. Além de mostrarem que é possível reaproveitar espaços abandonados nas grandes cidades, eles querem emplacar uma tecnologia de aproveitamento da luz solar.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

::Twiter::

::Facebook::

::Google::

O projeto, chamado Lowline, chama a atenção pela proposta de criar ambientes verdes nos subterrâneos da cidade por meio de soluções simples. Placas armazenam a luz do sol e a refletem no espaço subterrâneo, alimentando assim as plantas do parque futurista.

Para dar sequência às pesquisas e ao desenvolvimento do Lowline, que começaram no ano de 2012, os empreendedores por trás da ideia buscam US$ 200 mil no site de financiamento coletivo Kickstarter

Essa verba será utilizada para responder questões que ainda não foram esclarecidas, como se as plantas vão crescer com a luz solar refletida ou se o espaço será aceito pela população como uma área de lazer. Também será aplicada, de acordo com a descrição da campanha no site de financiamento, em testes de viabilidade arquitetônica.

Até esta sexta-feira (19), o projeto conseguiu arrecadar US$ 77 mil, restando 19 dias para o encerramento da campanha.

Tudo o que sabemos sobre:
SustentabilidadeArquiteturaNova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.