Rafael Arbex /Estadão
Rafael Arbex /Estadão

Nova identidade para empreender em saúde e em beleza

O terceiro painel do Estadão Pró-PME reuniu Renato Velloso, do Dr. Consulta, e Tallis Gomes, da plataforma Singu, para debater novas formas de negócios e atendimento

Elcio Padovez, especial para, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2018 | 22h26

Mesmo em tempos de crise e de incerteza, há dois setores no Brasil que dificilmente desaquecem: o da saúde e o de beleza. Esta é a crença do CEO da Singu, Tallis Gomes, criador do aplicativo que leva um salão de beleza para dentro de casa. Junto com Tallis, eleito em 2017 como o jovem empreendedor mais inovador do mundo pelo Instituto de Tecnologia de Massachusets (MIT), o vice-presidente do Dr. Consulta, Renato Velloso, participaram nesta quarta do painel Construindo Identidades, que faz parte da 2 edição do Encontro Pró-PME.

Durante o debate, realizado no Instituto Tomie Ohtake, Renato e Tallis conversaram sobre novos negócios que as áreas da beleza e da saúde podem oferecer a quem tem vontade de empreender. “1/3 da população brasileira não tem plano de saúde, e no ultimo ano, três milhões de pessoas cancelaram o plano privado e agora dependem do Plano Único de Saúde (SUS), que é bastante deficitário. Com o Dr. Consulta, abrimos as portas para mais de um milhão de pacientes na grande SP, o que é muito positivo em termos de oferta”, explica Velloso.

Para ele, tempos mais “bicudos” não podem servir de desculpas para não se desenvolver o espírito empreendedor, e não se deve esperar a crise passar para se pensar sobre isso. “Há certas coisas que o consumidor não abre mão de ter, e o acesso à saúde é uma delas. Ele está muito empoderado e exigente, e você o conquista com soluções criativas e de maneira mais acessível”, ressalta. Renato detalha que uma das vantagens do Dr. Consulta é a maneira simplificada que eles oferecem 61 especialidades médicas e 200 tipos diferentes de prontuários online.

Aposta em boa comunicação e organização. O mineiro Tallis Gomes define como regra número um de um empreendimento de sucesso está na organização e na capacidade de se executar as tarefas definidas em uma lista, sem procrastinação. “Muitos empresários e funcionários se auto-sabotam. Passa o dia inteiro respondendo e-mails, em reuniões longas e improdutivas, e reclamam que trabalham muito. Isto é trabalhar errado, uma vez que é preciso ter muito bem definido o que você quer e cumprir isso à risca”, destaca o CEO, fundador da Easy Taxi, que em 2017, ao se juntar à Cabify, passou a ser considerada como uma das três maiores fusões de empresa de tecnologia no Brasil.

Tallis também investe alto na área de comunicação do aplicativo Singu, e na visão dele, o Instagram é a TV moderna, uma vez que a marca de beleza conversa com um público de 20 a 35 anos, e por isso, vale mais uma parceria com uma influenciadora digital relevante do que apenas concentrar os esforços em buscar espaço na mídia tradicional. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.