Donut burger é vendido por R$ 20
Donut burger é vendido por R$ 20

Negócio vende hambúrguer com donut no lugar do pão e cobertura doce

The Original Donut Burger precisa convencer brasileiro a experimentar o lanche

Gisele Tamamar, Estadão PME,

29 de maio de 2015 | 07h06

A ordem natural seria comer um hambúrguer e depois um donut de sobremesa, certo? Não no The Original Donut Burger. Inspirado no prato norte-americano, o chef Pedro Bello resolveu trazer o conceito para o Brasil para tentar convencer os consumidores a comer os dois alimentos juntos: um hambúguer com donut no lugar do pão e cobertura doce.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

"Todo mundo achou muito ousado na época porque no Brasil há uma resistência grande a mistura do doce com o salgado", conta Pedro, que tem Rodolfo Aranda como sócio. Eles investiram R$ 20 mil para criar o 'The Original Donut Burger' em outubro do ano passado para vender o donut burger em feirinhas gastronômicas e eventos.

Atualmente, a tenda do negócio está instalada aos domingos no Butantan Food Park e também participa de eventos, como o festival Lollapalooza, que ocorreu em março, em São Paulo. Em média, o negócio vende 400 lanches por domingo, sendo uma proporção de 70% salgados e 30% com a cobertura doce. No início, apenas 10% das vendas eram direcionadas para a combinação doce com salgado.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG

O cliente pode escolher o hambúrguer na versão donut com glacê de açúcar e coberturas como Nutella com Oreo, doce de leite e chocolate branco com framboesa. Além da parte doce, o donut burger leva queijo cheddar, molho barbecue, salada de maionese com repolho roxo e bacon grelhado. Assim, o consumidor pode escolher com ou sem a cobertura doce.

"O donut com doce por cima contrasta com o salgado do hambúrguer. Isso gera uma apelo sensorial muito grande, mexe com diversos gostos que a gente tem. Não fica em um paladar só", conta Pedro, que tenta convencer as pessoas a experimentar o lanche na feirinha.

"Promovo muito o diferente. Eu argumento para a pessoa se permitir conhecer uma coisa diferente", completa. O donut burger é vendido por R$ 20 na versão doce ou salgada. A versão 'monster' tem dois hambúrgueres e custa R$ 30. O cardápio ainda inclui os donuts doces (R$ 10) e drinks com refrigerantes.

Início. Pedro trabalha com gastronomia há quase dez anos. Ele é culinarista e desenvolvedor de produtos de algumas marcas de franquias. Por isso, está em constante pesquisa com as tendências do mercado. "Já tinha visto o donut burger há bastante tempo. Ele foi eleito o melhor hambúrguer de estádio de beisebol", diz.

Para iniciar o negócio, os sócios optaram por uma tenda instalada nos eventos, ainda receosos com o modelo de food truck na cidade. "O mercado de food truck no Brasil ainda é muito incipiente. Não podemos estar com o truck na rua, por exemplo. Precisamos estar nesses espaços dedicados. Assim, teríamos dois custos: o do truck e da ocupação do lugar", explica Pedro.

De acordo com Pedro, muitas pessoas já começam com o investimento no furgão, sem ideia do retorno. "Primeiro começamos com a barraca para entender como o produto ia se comportar no Brasil antes de dar o segundo passo", diz.

Expansão. O plano dos sócios é iniciar uma expansão até o fim do ano com a abertura de uma lanchonete na garagem e um espaço só para inovação. A ideia é ter um local para vender hambúrgueres diferentes dos Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.