Reprodução/Kickstarter
Reprodução/Kickstarter

Nanoarcade promete ser o menor fliperama do mundo

Réplica de um fliperama tradicional mede 15 centímetros e tem entrada USB

Estadão PME,

14 de janeiro de 2015 | 07h06

Para os aficionados pelo mercado retrô, os jogos tradicionais são um prato cheio para horas de diversão por horas a fio. Afinal, um dia, esses adultos foram crianças que sonhavam em ter um fliperama para chamar de seu, para jogar sozinhas ou com amigos.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

Um projeto idealizado por uma equipe de designers de games e engenheiros de software deseja criar o Nanoarcade, que promete ser o primeiro fliperama portátil e o menor do mundo. Além de satisfazer o sonho de infância, o produto contribui com a vida adulta: os jogos mais clássicos podem ajudam a aliviar o estresse durante o trabalho ou após alguma atividade muito cansativa. No trabalho, o Nanoarcade passa despercebido, pois se parece com um objeto decorativo de mesa.

Os inventores da ideia quiseram replicar perfeitamente um fliperama, mas com 15 centímetros, um décimo de seu tamanho tradicional. Apesar do tamanho reduzido, o Nanoarcade tem um joystick que se movimenta em 360º, além de seis outros botões. Para aproximar ainda mais da forma tradicional de jogar, há um dispositivo de inserir moedas. Fictício, claro.

De acordo com os idealizadores, o processo de instalar e desinstalar jogos é simples e "intuitivo". O Nanoarcade permite a transmissão de arquivos de jogos por meio de um cabo USB.

O projeto será desenvolvido por financiamento coletivo por meio do portal Kickstarter e a previsão de entrega é abril de 2015.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.