Divulgação
Divulgação

Micro e pequenas empresas paulistas fecham 2011 com aumento de 3,8% no faturamento

Setor de serviços puxou a expansão dos negócios de pequeno porte ao registrar alta de 7,5%; Faturamento da indústria caiu

ESTADÃO PME,

15 de fevereiro de 2012 | 17h21

 As micro e pequenas empresas de São Paulo encerraram o ano passado com faturamento 3,8% superior em relação a 2010, informa relatório divulgado nesta quarta-feira pelo Sebrae. De acordo com a entidade, o setor de serviços liderou a expansão das empresas de pequeno porte e cresceu 7,5%. As pequenas indústrias, por outro lado, tiveram queda de 0,5% e o comércio alta de 3,3%.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google+ ::

O aquecimento do mercado interno influenciou o bom desempenho dos pequenos negócios nos setores de comércio e serviço. No caso da indústria, a explicação dos técnicos do Sebrae-SP repousa sobre o aumento da taxa básica de juros (Selic) durante o primeiro semestre do ano passado. Nos últimos seis meses do ano, as pequenas indústrias sofreram muito com a concorrência de produtos importados.

Ainda segundo comunicado divulgado pela entidade, as micro e pequenas empresas produziram R$ 336,6 bilhões em receita no Estado de São Paulo "São 12,2 bilhões a mais de receita em relação a 2010", afirmou Bruno Caetano, superintendente do Sebrae-SP.

Perspectivas

De acordo com o Sebrae-SP, os micro e pequenos empreendimentos devem acompanhar o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2012). "A informações são de que o PIB brasileiro terá um crescimento de 3,3%, resultado ligeiramente superior ao aumento de 2,9% esperado para 2011", analisa Pedro Gonçalves, consultor da entidade.

A redução nos juros básicos da economia, para a entidade, devem contribuir para uma ligeira melhora no nível de atividade econômica do País, principalmente no segundo semestre de 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.