Adriano Faleiros/AE
Adriano Faleiros/AE

Micro e pequenas empresas faturam R$ 46 bilhões em agosto, informa pesquisa do Sebrae

Resultado é 8,3% acima do registrado em julho último e 9,4% superior frente ao mesmo mês, no ano passado

Estadão PME,

04 de outubro de 2012 | 11h51

As micro e pequenas empresas paulistas faturaram R$ 46 bilhões em agosto de 2012, um crescimento de 8,3% em comparação ao resultado obtido em julho e 9,4% mais que em igual período no ano passado.  O levantamento foi divulgado nesta quinta-feira, 4, pelo Sebrae-SP.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Dos setores, a indústria obteve o melhor desempenho na comparação dos últimos 12 meses, com alta de 15,4%. O segmento comercial segue na sequência, com alta de 8,6% e, por fim, as empresas que atuam na área de serviços, que registraram avanço de 7,9%.

Segundo o Sebrae-SP, o desempenho superior da indústria precisa ser relativizado, já que o setor vem de um período ruim, com queda de 4,6% na receita real obtida na comparação de agosto de 2011 para agosto de 2010. Outra explicação para a alta do setor deve-se ao reflexo do movimento do Dia das Crianças, data que costuma animar o consumo no País.

Já os setores de comércio e serviços, também na avaliação do Sebrae-SP, foram favorecidos pelo nível de emprego e renda no Brasil, que permanecem satisfatório apesar da expectativa de pouco crescimento no Produto Interno Bruto (PIB), estimado abaixo de 2% em 2012. “A evolução do mercado de trabalho tem ajudado a manter o consumo interno, beneficiando as vendas das micro e pequenas empresas, que tendem a acompanhar os avanços da economia brasileira”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.