Meu principal problema em 2014 foi...

Empresários contam as dificuldades enfrentadas durante o ano

Gisele Tamamar, Estadão PME,

24 de novembro de 2014 | 07h03

A previsão dos analistas para a economia brasileira em 2014 não é nada animadora para os pequenos empresários. No último relatório Focus, a estimativa é que o ano termine com um crescimento de 0,20% do Produto Interno Bruto (PIB). Para 2015, a previsão é de uma alta de 0,8%. Diante desse cenário de baixo crescimento econômico, o Estadão PME conversou com três empresários sobre as dificuldades enfrentadas durante o ano.

A Copa do Mundo foi apontada como um período difícil por duas empresas por paralisar negociações. As decisões ficaram para depois da Copa. Passada a competição, as vendas voltaram ao patamar previsto e as empresas seguem otimistas para fechar o ano. Já para o restobar argentino Moocaires, a disputa do torneio no Brasil foi positiva por ser uma referência para os torcedores. A dificuldade mesmo foi lidar com a contratação de mão de obra.

:: Confira as matérias nos links abaixo::

Empresa Viva! - Baixa nas vendas em junho por causa da Copa fez empresa repensar negócio e mudar estratégia

Vodka Kalvelage - Vodca brasileira quer quebrar preconceito e conquistar mercado

Moocaires - Argentino muda para o Brasil e abre restobar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.