Ernesto Rodrigues/Estadão
Ernesto Rodrigues/Estadão

Luiza Trajano, do Magazine Luiza, dá dicas de como transformar seu sonho em empresa

Para Luiza Trajano, todos podem começar um pequeno negócio, só não se deve ter medo de errar durante o caminho

Rodrigo Rezende,

05 de junho de 2013 | 16h14

A empresária Luiza Trajano, uma das responsáveis pelo sucesso atual do Magazine Luiza, vai compartilhar suas experiências empreendedoras durante o Encontro PME, nesta quinta-feira, dia 6. A executiva vai falar de desafios, e como superá-los, mas também promete dar dicas para quem começa um pequeno negócio no Brasil.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

De acordo com Luiza Trajano, por exemplo, para manter o negócio saudável é preciso sempre levá-lo a mudar de ciclos. “É aí que surgem desafios, pois quanto maior a empresa fica, mais difícil se torna a tarefa de mudar”, analisa Luiza. Para a empreendedora, é importante o empresário não burocratizar seus processos para que essas transformações sejam feitas com mais facilidade.

Outra dica de Luiza para o empreendedor manter-se competitivo é sempre fortalecer a cultura do negócio. “Para isso, aqui na rede (Magazine Luiza), investimos fortemente em comunicação para o nosso público interno e clientes”, afirma a executiva. A empresária conta também que é preciso “ter pulso forte” nas vendas e estar perto dos colaboradores. “Estou sempre acessível a todos, funcionários e clientes”, afirma.

Além de dar dicas para pequenos empresários, Luiza Trajano acredita que o empreendedorismo é um dos caminhos mais importantes para o desenvolvimento do País. “Eu sou incentivadora e acredito nele porque é uma atividade movida pela paixão. Não tem vez para quem fica parado”, analisa.

E engana-se quem pensa que abrir um negócio é tarefa para poucos. Para Luiza, “todos são capazes de transformar um sonho em empresa”. O interessado só não pode ter medo de errar. “Aqui no Magazine Luiza, a gente sempre acreditou que reconhecendo o erro e corrigindo a rota chegamos ao resultado.”

Vitoriosa. Luiza Trajano transformou um negócio familiar, criado na década de 1950 no interior de São Paulo, em uma das maiores rede de varejo do Brasil – são mais de 20 mil funcionários. À frente do Magazine Luiza, a empresária também alcançou uma posição de destaque no meio empresarial.

O negócio conta hoje com mais de 730 lojas, tem oito centros de distribuição de produtos e está presente em 16 estados brasileiros. Dessa forma, o resultado financeiro não poderia ser diferente: o Magazine Luiza encerrou 2012 com receita bruta de R$ 9,1 bilhões.

Equipe. Além dos números que impressionam, chama a atenção a preocupação da empresa com a motivação da sua equipe de colaboradores. O investimento que a rede faz em programas e ações que beneficiam diretamente seus colaboradores é constante e a estratégia ajuda a explicar o sucesso do negócio.

Expansão. Em maio de 2011, a rede colocou suas ações na Bolsa de Valores de São Paulo. A iniciativa foi parte do plano de expansão da rede, como ressaltou Luiza Trajano na oportunidade. Segundo a executiva, a iniciativa representava uma responsabilidade a mais com clientes e investidores. Em agosto daquele ano, o Magazine Luiza realizou a 13ª aquisição de sua história ao comprar as 121 lojas do Baú, que então pertenciam ao Grupo Silvio Santos.

O sucesso, entretanto, não parece ter mudado os preceitos iniciais do negócio, na época em que o Magazine Luiza ainda era uma loja no interior de São Paulo. “Quando a gente tem uma boa ideia na cabeça, é preciso acreditar que vai dar certo. A criatividade e a confiança caminham juntas.” E não é que a empresária estava certa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.