Divulgação
Divulgação

Loja quer vender vestido de noiva na web por R$ 2,8 mil

Produzida na China, a coleção é assinada por estilista brasileiro e pretende concorrer com as lojas sofisticadas dos Jardins e as opções do Bom Retiro

Renato Jakitas, Estadão PME,

30 de abril de 2014 | 07h08

Vender pela internet vestido de noiva chinês para a consumidora brasileira que pensa, no máximo, em alugar um. Em suma, esse é o desafio de Samantha Fasolari, que acaba de investir R$ 400 mil no lançamento do e-commerce Noiva nas Nuvens.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O negócio começa a operar nesta semana com um estoque de 60 peças para pronta entrega. O plano é manter um desembolso médio de R$ 2,8 mil, valor intermediário entre as lojas sofisticadas do bairro dos Jardins e as opções populares da Rua São Caetano, no Bom Retiro. Se tudo der certo, a empresária quer faturar R$ 500 mil no fim do primeiro ano de atividade.

 

"Fui para a China e acertei os fornecedores, que são os mesmos que oferecem para 80% das lojas dos Estados Unidos e da Europa. A ideia é oferecer um nível de customização aos vestidos que desenhamos aqui e, uma vez encomendados, eles possam chegar até a casa da cliente em 90 dias", diz Samantha, que como é de praxe nesse setor, resolveu abrir a empresa depois de enfrentar dificuldades com os preparativos do próprio casamento.

"Morava nos Estados Unidos, mas queria comprar o vestido no Brasil, onde iria casar, e fiquei assustada com os preços. Foi quando a empresa começou a surgir."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.