GISELE TAMAMAR/ESTADÃO
GISELE TAMAMAR/ESTADÃO

Loja Modelo do Sebrae será itinerante e ajudará empresário a faturar 40% a mais

Espaço está aberto para visitas guiadas na Feira do Empreendedor, que começou nesta quinta-feira, em São Paulo

GISELE TAMAMAR, ESTADÃO PME,

25 de outubro de 2012 | 18h13

Uma Loja Modelo, que reproduz o ambiente de uma loja de roupas femininas com as técnicas ambientação, de merchandising e automação comercial é uma das atrações da Feira do Empreendedor, que começou nesta quinta-feira e segue até domingo, dia 28, em São Paulo. Mas o projeto não ficará restrito às feiras do Sebrae. A loja terá um modelo itinerante e uma instalação fixa em 2013.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

De acordo com o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, o modelo itinerante será montado em cima de um caminhão para percorrer as cidades do interior do Estado. Já o modelo fixo será instalado na região do Brás, famoso centro de compras de São Paulo. "É uma forma de atender o pequeno comerciante que vai se abastecer de produtos na região e ajudá-lo a se abastecer também de informação", diz Caetano.

Na feira. Os visitantes fizeram fila no primeiro dia da feira para visitar a Loja Modelo. Os guias do Sebrae-SP orientavam os grupos de empreendedores pela loja sobre como melhorar a vitrine, fachada, organização dos produtos, iluminação, entre outros pontos. "É uma forma do empresário ter uma experiência mais completa, de forma lúdica. Uma experiência sensorial", destaca o consultor de marketing e varejo do Sebrae-SP, Gustavo Carrer.

De acordo com o consultor, a aplicação de todas as técnicas de visual merchandising (fachadas, vitrine, iluminação, exposição de produtos e móveis, por exemplo) resulta em um aumento médio de 12% no faturamento. Em casos de uma loja muito desorganizada, a melhora no faturamento pode chegar a 40%.

Entre os erros mais comuns, Carrer cita a falta de manutenção na fachada, como pintura, lâmpada quebrada e excesso de informação. No caso da vitrine, o lojista deve se preocupar com a iluminação, exposição do preço e a instalação de um anteparo - um fundo para o consumidor visualizar as peças na vitrine com mais destaque. "O consumidor procura o que mais agrada aos olhos. Se a vitrine agradar, ele vai entrar na loja", diz Carrer.

Além desses pontos, a visita guiada discute sobre acessibilidade, sistema de prevenção de perdas, câmeras, contadores de fluxo e etiquetas de radiofrequência. A empresária Gilvane Aparecida de Carvalho, de 38 anos, veio de Cajuru, interior de São Paulo, para visitar a feira. Ela estava na fila para conhecer a Loja Modelo. "Tenho uma loja de moda feminina e vim aprender sobre o layout da loja e buscar informações sobre a operação do negócio", diz.

Serviço

Feira do Empreendedor

Data: 25 a 28 de outubro

Horário: 13h às 20h

Local: Expo Center Norte, Pavilhão Verde, Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme, São Paulo

Entrada gratuita

Mais informações: http://feiradoempreendedor.sebraesp.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.