Reprodução do site
Reprodução do site

Livro promete colocar grandes empreendedores do mundo cara a cara com o leitor

Entre os entrevistados está Reed Hastings, do Netflix, que derrubou a gigante Blockbuster

ESTADÃO PME,

15 de novembro de 2012 | 16h02

E se você pudesse conversar cara a cara com alguns dos empreendedores mais influentes do mundo? Esta é a pergunta central do livro Empreendedores Extraordinários, escrito por John A. Byrne, fundador da C-Charge Inc. e ex-editor da Businessweek.com. Para ajudar o leitor a matar a vontade de conhecimento empreendedor, o autor seleciona 25 entrevistas com o que chama de 'celebridades do empreendedorismo moderno' que contam 'suas façanhas.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Entre os empreendedores selecionados está Reed Hastings, criador do Netflix. No livro, o autor conta que a empresa surgiu quando o empresário alugou o filme Apollo 13 e se esqueceu de devolver a fita na data correta. Seis semanas depois, quando efetuou a entrega, Reed foi informado que a multa a ser paga era de US$ 40.

O livro conta também um pouco da história de Ratan Tata, do Tata Group, Howard Schultz (Starbucks), Michael Dell (Dell)...isso sem mencionar Steve Jobs e Mark Zuckerberg.

Abaixo, selecionamos uma frase, alguns pensamentos, de parte dos empreendedores mencionados no livro.

Reed Hastings

Netflix

"O fato é que lançamos o nosso serviço em 1999, abrimos o capital em 2002 e a Blockbuster só tentou nos combater em meados de 2004, uns cinco anos depois que começamos. A questão é: Eles esperaram demais? A resposta sem dúvida é sim", sobre a concorrência com uma das gigantes do setor de entretenimento.

Steve Jobs

Apple

"Quando eu tinha 17 anos, li algo como: "Se você viver cada dia como se fosse o seu último, com certeza um dia você estará certo". Aquilo me impressionou muito e, desde então, me olho todo dia no espelho e me pergunto: "Se hoje fosse o último dia da minha vida, eu realmente iria querer fazer o que estou prestes a fazer hoje"

Phil Knight

Nike

"Não estamos no negócio da moda, como escreveu o The Wall Street Journal. Estamos no negócio dos esportes e a diferença é enorme. O esporte é como o rock and roll. Ambos são forças culturais dominantes, ambos falam uma linguagem internacional e ambos se baseiam em emoções"

Michael Dell

Dell Inc.

"Vamos admitir, o mundo ficou muito menor. Os fatores geográficos deixaram de ser um obstáculo, independentemente de você estar procurando um emprego, compartilhando ideias com um colega ou se conectando com amigos"

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.