Investe SP lança mapa de apoio a startups no estado de SP

Iniciativa foca em empreendedores que buscam apoio e financiamento para desenvolver startups

Paulo Palma Beraldo, Especial para O Estado

26 de outubro de 2016 | 18h17

A agência estadual Investe SP vai lançar o primeiro mapeamento de empresas e entidades do estado de São Paulo que apoiam interessados em empreender no ramo de startups. O lançamento oficial ocorre na próxima terça-feira, 1ª de novembro, na capital paulista. 

“O mapeamento será importante para fortalecer a atuação do ecossistema de apoio e para avaliarmos a real dimensão desse complexo”, afirma Juan Quirós, presidente da Investe São Paulo, ligada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado. 

De acordo nota divulgada pela agência, a ferramenta busca ampliar a visibilidade a agentes públicos de inovação, corporações, espaços de coworking, incubadoras, universidades, parques tecnológicos, fundos de venture capital, aceleradoras, associações, consultorias, entre outras instituições.

Segundo Ermínio Lucci, diretor de Gestão de Projetos de Investimentos da Investe SP, o ecossistema de apoio a startups tem muitas informações dispersas. "O Mapa SP Conecta tem o objetivo de aproximar, portanto, esses dois lados, facilitando o caminho para que essas empresas inovadoras ingressem no mercado e se desenvolvam”, afirma. 

Na visão do vice-governador Márcio França, o estado de São Paulo tem um dos "mais promissores" mercados para startups do mundo e uma das principais estruturas de pesquisa e desenvolvimento da América Latina. 

Funcionamento. As próprias entidades devem se cadastrar no mapa. Após isso, haverá monitoramento e validação da equipe da Investe SP, para identificar de que maneira as empresas podem ajudar as startups. Também será possível divulgar eventos, encontrar vagas de emprego, fotos e dados de contato. 

O Mapa SP Conecta pode ser acessado pelo endereço www.mapme.com/spconecta.

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloAmérica Latina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.