Unsplash/@beccamchaffie
Unsplash/@beccamchaffie

Instituto oferece capacitação a empreendedores LGBTQ+ de moda autoral

O edital #TodesnaModa, do Instituto C&A, está com inscrições abertas até 17 de julho; trilha de desenvolvimento contempla aporte financeiro

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de julho de 2021 | 14h30

Empreendedores da comunidade LGBTQ+ que tenham negócios de moda autoral podem se inscrever até o dia 17 de julho no edital #TodesnaModa, voltado para capacitação e desenvolvimento dessas empresas. Lançada no mês passado pelo Instituto C&A, a iniciativa é realizada em parceria com o Criável, movimento que promove educação em moda sustentável.

O projeto tem como foco empreendimentos nos segmentos de roupas, calçados e acessórios que foram impactados pela pandemia e precisam criar novas estratégias para as marcas. Serão selecionados dez participantes e alguns critérios serão levados em consideração, como maturidade do negócio, qualidade do produto e diversidade do público empreendedor.

A iniciativa oferece uma trilha de formação e desenvolvimento online e gratuita com cerca de 30 horas de conteúdos sobre marketing digital, identidade e gestão da marca. Os empreendedores selecionados também receberão um aporte financeiro de até R$ 4 mil e ajuda de custos. Clique aqui para ler as regras do edital e se inscrever.

A formação, que ocorre entre agosto e novembro de 2021, será conduzida por Renata Abranchs, idealizadora do Criável, que tem mais de 20 anos de atuação em pesquisa e consultoria de estilo.

Junto a ela estará Ana Cotta, consultora em construção estratégica de marcas, designer e educadora. Elas serão responsáveis por conduzir e apoiar os empreendedores LGBTQ+ na reestruturação da identidade e posicionamento das marcas, assim como definir diretrizes estratégicas.

  • Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo

Colaboradores da C&A, por meio do voluntariado corporativo, vão atuar durante os encontros online como monitores. Eles irão compartilhar experiências e conhecimento a fim de dar suporte às atividades e acompanhar os participantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.