Indianos criam tijolo ecológico feito com lixo industrial reciclado

Indianos criam tijolo ecológico feito com lixo industrial reciclado

Eco BLAC é composto por cinzas resultantes da fundição de metais

Estadão PME,

15 de julho de 2015 | 07h11

O tijolo convencional feito de barro cozido tem predominado nas construções da Índia durante séculos, apesar de seu processo de fabricação ser considerado poluente e causar impactos sociais, como a má condição de trabalho imposta pelas olarias.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

::Twitter::

::Facebook::

::Google::

Um grupo de alunos do centro de pesquisa da empresa indiana TATA que funciona dentro do Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, desenvolveram um projeto de tijolo ecológico que reduz muitos dos impactos criados pelo produto convencional.

O Eco BLAC, como foi nomeada o tijolo indiano, é feito a partir de lixo industrial reciclado que não requer cozimento, ou seja, seu meio de fabricação não emite gases nocivos ao meio ambiente. Sua composição contém 70% de cinzas de caldeiras, um subproduto da combustão dos fornas de pequenas usinas.

Uma vez aquecidas, estas cinzas podem ser facilmente moldadas no formato de tijolos de construção. Além de não poluir o ar, o projeto dos alunos do MIT resolve também outra questão ambiental, já que evitam que estas cinzas sejam descartadas em aterros, o que é considerado uma prática poluente. 

Tudo o que sabemos sobre:
SustentabilidadeConstruçãoDesign

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.