Monica Bento/AE
Monica Bento/AE

Inadimplência do consumidor sobe 3% em agosto, diz Serasa

De julho para agosto, a alta da inadimplência foi puxada pelas dívidas bancárias

Circe Bonatelli, Agência Estado,

12 de setembro de 2011 | 12h25

O índice de inadimplência dos consumidores no País aumentou 3% em agosto ante julho, de acordo com informações divulgadas hoje pela Serasa Experian, empresa especializada em análise de crédito. Na comparação de agosto deste ano com o mesmo mês em 2010, a alta foi de 29,2%, enquanto no acumulado do ano (janeiro a agosto) o crescimento da inadimplência é de 23,4% ante o mesmo período do ano passado.

De julho para agosto, a alta da inadimplência foi puxada pelas dívidas bancárias (aumento de 6%), cheques sem fundos (4,5%) e títulos protestados (0,6%). O único segmento a apresentar recuo foi o de dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como fornecimento de luz e água), que recuaram 0,8% no período.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Na avaliação da Serasa Experian, o aumento da inadimplência está relacionado aos juros elevados no crédito e às compras parceladas no Dia dos Pais. Por outro lado, a entidade estima que o pagamento da primeira parcela do 13º salário, em novembro, "pode dar um fôlego extra às finanças do consumidor".

No acumulado do ano, o valor médio das dívidas referentes a títulos protestados foi a que apresentou maior elevação, passando de R$ 1.173,15 para R$ 1.347,17 (alta de 14,8%). Em seguida aparecem as dívidas ligadas a cheques sem fundos, com valor médio de R$ 1.336,38 (alta de 8,2%) e as dívidas com bancos, no valor médio de R$ R$ 1.326,73 (alta de 0,5%). Já as dívidas não bancárias tiveram queda de 14,1%, para R$ 323,27.

Tudo o que sabemos sobre:
ConsumoInflaçãoEconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.