JF Diorio/AE
JF Diorio/AE

Inadimplência do consumidor cai pelo 2º mês seguido

Indicador da Serasa Experian caiu 1,5% em outubro em relação a setembro; Comparado a outubro de 2010, houve alta de 19,2%

Agência Estado,

16 de novembro de 2011 | 15h24

 O Indicador de Inadimplência do Consumidor, calculado pela Serasa Experian, caiu 1,5% em outubro na comparação com setembro, registrando a segunda queda mensal após seis altas consecutivas. Em relação a outubro de 2010, houve alta de 19,2%. No acumulado do ano até outubro, o índice registra aumento de 23% na comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com nota divulgada hoje pela Serasa Experian, o recuo do índice foi puxado por dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia, energia e água), que caíram 2,8%, e bancárias, que tiveram redução de 2,7% em relação a setembro.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Economistas da empresa de informações econômicas atribuem a redução da inadimplência no País à diminuição do ritmo inflacionário, à manutenção das taxas de desemprego em níveis historicamente baixos e ao crescimento mais moderado do endividamento do consumidor, o que favorece a renegociação de dívidas e a quitação de débitos em atraso.

Tudo o que sabemos sobre:
InadimplênciaEconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.