Robson Fernandes/AE
Robson Fernandes/AE

Inadimplência deve recuar no 1º semestre, prevê Serasa

Perspectiva de queda dos juros, inflação baixa e aumento do mínimo devem contribuir para resultado

Agência Estado,

13 de fevereiro de 2012 | 15h07

 O Indicador Serasa Experian de Perspectiva da Inadimplência das Empresas caiu em dezembro pelo quinto mês seguido, para 97,9 pontos. O recuo do indicador, que busca antever os movimentos cíclicos da inadimplência com seis meses de antecedência, foi de 1,8% em relação ao mês anterior. O Indicador de Perspectiva da Inadimplência do Consumidor também apresentou recuo em dezembro, de 0,7% ante novembro, para 100,0 pontos. Foi a sétima redução consecutiva.

De acordo com a empresa, os resultados de ambos indicadores apontam para reduções dos níveis de inadimplência de empresas e consumidores no primeiro semestre deste ano. No caso das pessoas jurídicas, contribuem para a expectativa de queda o recuo das taxas de juros, a retomada do crescimento econômico, a diminuição dos níveis de inadimplência dos consumidores e as perspectivas de um cenário externo em 2012 menos conturbado do que foi em 2011.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

No caso do índice voltado aos consumidores, contribuem para o viés de baixa o recuo da inflação, o aumento de 14% do salário mínimo, a manutenção de patamares historicamente baixos do desemprego e o crescimento mais moderado do endividamento, além da continuidade da redução das taxas de juros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.