Impulsionadas pelo Natal, vendas em shoppings devem crescer 14%

Projeção para dezembro demonstra que consumidor continua confiante, apesar da crise e das medidas de contenção ao crédito adotadas pelo governo

Agência Estado,

26 de outubro de 2011 | 17h18

Impulsionadas pelo Natal, as vendas dos shopping centers devem crescer 14% em dezembro ante igual período do ano anterior, de acordo com levantamento da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

 

Embora o desempenho seja levemente inferior ao apurado em 2010, quando as projeções apontavam alta de 15%, o setor o considera expressivo. Segundo Adriana Colloca, superintendente de operações da Abrasce, o resultado demonstra que o consumidor continua confiante, apesar da crise internacional e das medidas de contenção ao crédito e ao consumo adotadas pelo governo.

Conforme a pesquisa, a data também deve gerar um aumento de 13% no fluxo de pessoas, considerando a média mensal de 329 milhões de pessoas por mês. Com relação a novos postos de trabalho no setor o levantamento prevê um aumento de 28%, com a abertura de 224 mil vagas temporárias.

Desse total, 10% devem resultar em contratação efetiva após a experiência.Em nota, a entidade ainda reafirmou com base nos atuais resultados a previsão de crescimento de 12% no faturamento para 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.