Proposta do Kjaro é combinar design, tecnologia e conveniência
Proposta do Kjaro é combinar design, tecnologia e conveniência

Guarda-chuva tem case com reservatório para não pingar água

Produto foi lançado em campanha no site de financiamento coletivo Kickstarter

Estadão PME,

22 de julho de 2015 | 07h06

Sabe aquela situação incômoda do guarda-chuva pingando após o uso? Para resolver essa situação, uma empresa italiana criou o Kjaro, um guarda-chuva que tem um case equipado com um reservatório para a água e evita que o dispositivo molhe a bolsa ou os lugares onde o usuário precisa entrar.  

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

A proposta do Kjaro é combinar design, tecnologia e conveniência. Depois de usar o guarda-chuva, é preciso guardá-lo no case para evitar os pingos de água. Para retirar o acúmulo de água, basta abrir o reservatório. Ele também foi desenvolvido para resistir ao vento, tem fecho magnético e um gancho para pendurar o guarda-chuva na bolsa ou em qualquer outro lugar.

A ideia de criar o Kjaro surgiu após observações no metrô de Milão e a dificuldade de se mover com um guarda-chuva molhado. Para ganhar mercado, o produto foi lançado com uma campanha de financiamento coletivo Kickstarter. Ainda restam 37 dias para o fim da campanha e o produto já recebeu apoio de 248 pessoas e cerca de 20 mil euros. Os primeiros apoiadores garantiram o primeiro lote de guarda-chuvas por 55 euros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.