Juliano Seabra, da Endeavor
Juliano Seabra, da Endeavor

Grandes empreendedores são referência para a próxima geração, diz diretor da Endeavor

Pesquisa identifica cinco aspectos comuns e indispensáveis que delimitam comportamento empreendedor

Estadão PME,

12 de agosto de 2015 | 07h07

Ter empreendedores de sucesso como referência serve como inspiração para aqueles que têm um longo caminho a seguir. E não são poucos os que pretendem abrir o próprio negócio. Pesquisa feita pela Endeavor, organização que fomenta o empreendedorismo ao redor do mundo, mostrou que 61% dos entrevistados declararam ter planos para abrir um negócio próprio nos próximos cinco anos. Não é pouca coisa.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

A pesquisa ainda identificou cinco aspectos comuns e indispensáveis que separam os que têm comportamento empreendedor dos que não têm. São eles: otimismo, autoconfiança, coragem para aceitar os riscos, desejo de protagonismo e resiliência. Confira a entrevista sobre o tema com o diretor-geral da Endeavor, Juliano Seabra.

Qual a importância da existência de empreendedores de sucesso para o País?

A gente só vai conseguir construir uma cultura empreendedora de verdade no País quando tivermos exemplos de pessoas que construíram suas empresas do zero, cometeram erros e acertos e deixaram legados para seu setor, para sua região e para o País. Ao construir grandes empresas, esses empreendedores se tornam referências para as próximas gerações de empreendedores, se tornam mentores de novas empresas e até investidores de outros negócios. É um ciclo virtuoso que só acontece se os empreendedores tiverem sucesso, no Brasil e em qualquer parte do mundo.

Em geral, esses empreendedores têm algumas características em comum?

Empreendedores têm uma insatisfação permanente, uma paixão pelo seu negócio e uma capacidade de realização acima do normal. São otimistas apesar das circunstâncias adversas (que surgem durante a trajetória do empresário).

Em um estudo que fizemos recentemente sobre cultura empreendedora no Brasil (parceria com o Grupo Troiano), vimos que otimismo, autoconfiança, coragem para aceitar riscos, desejo de protagonismo e resiliência são os cinco aspectos comuns e indispensáveis que separam os que têm comportamento empreendedor dos que não têm.

O Brasil tem empreendedores de referência? Em caso positivo, quem são?

A Endeavor trabalha na construção de novos exemplos para o País. Apoiamos os empreendedores que estão a frente de 78 empresas pequenas, médias e grandes que, com suas histórias, estão contribuindo para criar uma cultura empreendedora no País. Só conseguimos fazer isso pois grandes empreendedores, que já tiveram sua trajetória provada como Laércio Cosentino, Jorge Paulo Lemann, Beto Sicupira, Pedro Passos, Luiza Helena Trajano, doam sua experiência para orientar os exemplos que formamos na Endeavor. No fim do dia, o espírito empreendedor brasileiro está em todos os setores, em todas as regiões do País. Cabe a cada empreendedor que esteja começando um negócio encontrar aquelas pessoas que se identificam com seus valores.

Tudo o que sabemos sobre:
Encontro PMEEstadão PMEEndeavor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.