Executivo do Google falou sobre o que a empresa busca nos funcionários
Executivo do Google falou sobre o que a empresa busca nos funcionários

Google não contrata apenas profissionais das melhores faculdades

Executivo contou as quatro qualidades fundamentais que um funcionário deve ter

Estadão PME,

20 de abril de 2015 | 07h00

O Google está sempre presente na lista dos melhores lugares para trabalhar, mas engana-se quem pensa que a empresa só contrata profissionais formados nas melhores universidades.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

Durante uma entrevista para a CNN, Laszlo Bock, Vice-presidente de operações de equipe do Google, disse que no início o Google priorizava os candidatos da chamada Ivy League, formada por oito universidades, como Harvard e Yale.

No entanto, a experiência mostrou que existem profissionais excepcionais em muitas outras escolas. Outro fator que não pesa tanto para a empresa inclui as notas na faculdade. Segundo Bock, as notas ajudam a prever o desempenho nos dois primeiros anos de carreira, mas depois disso perdem a importância.

Para quem pretende disputar uma vaga no Google, o executivo disse que "basta colocar o seu melhor trabalho no currículo". De acordo com o site Entrepreneur, Bock ainda contou as quatro qualidades fundamentais que um novo funcionário deve ter. São elas: capacidade cognitiva ou o quão bem você consegue resolver problemas, liderança emergente, Googleyness (termo que o Google chama de sua adequação cultural) e humildade intelectual.  No fim, Bock disse que a coisa menos importante é, na verdade, se você sabe como fazer o trabalho.

Tudo o que sabemos sobre:
estadão pmegoogle

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.