Vídeo: entramos na garagem que fatura R$ 6 milhões com motos turbinadas

À frente da Johnnie Wash há 13 anos, o arquiteto Ricardo Medrano fala sobre transformar o serviço de customização em algo pop

Vivian Codogno, O Estado de S. Paulo

09 de julho de 2016 | 05h00

Na trilha sonora da Johnnie Wash não toca 'Born to be wild', o clássico hit dos motoqueiros gravado por Steppenwolf e perenizado pelo filme de cabeceira dos aficionados pelo transporte sobre duas rodas, Easy Riders. Na garagem de customização comandada pelo arquiteto e projetista Ricardo Medrano, clientes chegam a gastar R$ 15 mil para modificar suas motos de passeio com referências que o próprio empresário sugere e executa.

"A maneira como eu me diferencio é fazendo coisas sob medida", comenta Medrano. Apesar do alto custo do serviço e da localização - a Johnnie Wash fica na Vila Olímpia, bairro nobre de São Paulo -, o emprendedor rejeita rotular seu negócio como supérfluo. "Eu pairo pelo mercado de luxo, mas o acho muito babaca", analisa.

A reportagem do Estadão PME acompanhou um dia de trabalho na garagem. Assista a seguir.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Steppenwolf

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.