Reprodução
Reprodução

Funcionário do Google publica vídeo pedindo demissão e explica que vai empreender

Michael Peggs diz que apesar do bom ambiente de trabalho e da comida boa e farta, ele se sente "jovem demais para se acomodar"

Estadão PME,

09 de outubro de 2014 | 19h38

Todos os dias, uma infinidade de profissionais comuns pede demissão de seus empregos. E, mesmo assim, há aqueles que conseguem transformar a decisão em notícia pelo mundo.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O norte-americano Michael Peggs, por exemplo, ocupou por quatro anos um cargo executivo na sede do Google, na Califórnia. Contudo, dia 16 de setembro ele dicidiu sair da empresa para abrir um negócio próprio, uma consultoria de marcas pessoais.

Peggs resolveu gravar um vídeo onde explica, com bom humor, os motivos que o fizeram deixar o emprego cobiçado por, em troca, se dedicar às incertezas do empreendedorismo. Na gravação, ele circula de patinete pela sede da companhia, faz menção à comida farta e de qualidade que se tem à disposição 24 horas por dia, e de graça, na gigante de internet. E conclui que as vezes é hora de "se levantar e seguir em frente". "Nós somos muito jovens para nos acomodar", conclui.

A atitude de Peggs vem se somar a uma onda de vídeos virais produzidos por profissionais desde que, no ano passado, uma outra americana, Marina Shiffrin, postou no Youtube uma gravação onde dança a música Gone, de Kanye West, e se demite apagando a luz de uma companhia de animação.

Michael Peggs, em compensação, pega leve e não critica o Google. No fundo, a intenção do ex-empregado e agora empresário é chamar a atenção do público para si e divulgar, indiretamente, seu novo empreendimento, uma agência onde cuida da imagem das pessoas na internet.

Assista ao vídeo (em inglês):

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.