Empresas poderão se instalar em março nos Estados Unidos
Empresas poderão se instalar em março nos Estados Unidos

Franquias ganham 'incubadora' nos Estados Unidos

Projeto vai abrir um escritório em março com dez empresas selecionadas

Gisele Tamamar, Estadão PME,

16 de dezembro de 2015 | 07h08

Para ajudar as franquias interessadas no mercado norte-americano, a Associação Brasileira de Franchising (ABF) vai abrir uma espécie de “incubadora” de franqueadoras brasileiras em Miami. A iniciativa é uma parceria com a Apex (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos).

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

O projeto, chamado de Franchising Operation USA, vai abrir um escritório em março com dez empresas selecionadas. A ideia é que a presença física facilite o contato com potenciais parceiros, advogados, consultores, além de permitir com maior agilidade visitas em feiras. “Será importante para as marcas viverem o ambiente americano de negócios”, afirma o diretor internacional da ABF, André Friedheim.

Até o momento, cerca de 30 empresas se candidataram para as dez vagas. “É a primeira vez que fazemos isso e é um modelo em que acredito muito. Vamos testar para ver se vai funcionar. Vou ficar feliz se três ou quatro empresas realmente conseguirem se colocar no mercado americano”, afirma.

:: Leia também ::

Franquias mostram as estratégias para exportar

Rede Chilli Beans já tem 70 unidades no exterior

O programa tem duração de um ano, mas conforme as redes “achem o seu próprio caminho”, outras poderão ocupar o lugar vago no escritório. Os últimos dados da entidade que representa as franquias no País mostram que 106 marcas tem presença internacional. Os Estados Unidos recebem o maior número de negócios brasileiros: ao todo, já são 31.

Preparação. Para as empresas que ainda estão em um estágio de preparação, a ABF e a Apex vão realizar um programa sobre internacionalização e competitividade. A ideia é colocar os franqueadores em contato com especialistas que possam explicar todo o processo e desafios desse tipo de expansão. O programa terá dois módulos realizados em março e abril.

Tudo o que sabemos sobre:
franquiasEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.