Pedro Knoll/Estadão
Pedro Knoll/Estadão

Franquia pode ser boa opção para quem pretende empreender no mercado de alimentos saudáveis

Entenda o que você precisa fazer para se tornar relevante no segmento

ESTADÃO PME,

20 de agosto de 2014 | 07h41

As franquias sempre aparecem como uma opção para quem busca investir em um negócio mais consolidado, sem o risco de começar do zero. E o mercado de alimentação saudável já conta com redes em plena expansão pelo Brasil.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O Seletti, por exemplo, foi idealizado pelo empresário Luis Felipe Campos, que enxergou uma oportunidade dentro do mercado de alimentação rápida. O primeiro restaurante foi aberto já faz tempo, em 2007, e hoje a rede conta com 33 unidades em praças de alimentação de shoppings. A meta do empreendimento é fechar o ano com 50 lojas, entre próprias e contratadas, e 150 operações até 2017.

Para 2015, Campos planeja o lançamento de mais dois modelos de operação da franquia. O primeiro é a loja de rua, com serviço de delivery e café da manhã. O segundo, com projeto-piloto em teste, é uma unidade compacta, criada para ser instalada em academias, centros comerciais, universidades e postos de combustível. 

Outra franquia da área é a norte-americana Salad Creations. A marca foi trazida para o Brasil por Victor Giansante e mais três sócios, que abriram a primeira loja, em dezembro de 2007, no shopping Pátio Higienópolis. Eles compraram o direito de uso da marca e começaram a trabalhar na adaptação dos produtos da rede para o paladar dos brasileiros. 

“Como foi o primeiro negócio de todos nós, foi importante ter o respaldo de pessoas experientes no mercado para estruturar o negócio, dar uma diretriz. Era uma marca que estava em franca expansão nos Estados Unidos e esse poder seria interessante para a entrada no Brasil”, conta Giansante.

Planejamento. O empresário lembra que o início da operação foi de muito trabalho. “Nosso escritório era literalmente em cima da loja. Fomos aprendendo como funcionavam todos os procedimentos. O primeiro ano foi em cima da loja”, afirma. A marca fechou 2013 com 22 unidades e pretende encerrar 2014 com 35 lojas no País. Inicialmente instalada em shoppings, a Salad Creations começou a diversificar o formato em 2012, quando inaugurou sua primeira loja de rua, na Avenida Braz Leme, bairro de Santana.

De acordo com Victor Giansante, o plano para o futuro é consolidar a Salad Creations como a maior rede de alimentação saudável do Brasil. O plano ambicioso passa também por trazer outras marcas para a franqueadora.  

Tudo o que sabemos sobre:
Saúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.