Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Franquia de empresas que trabalham com o açaí pode custar até R$ 240 mil

Açaí no Ponto e Açaí.com são opções de redes no mercado

GISELE TAMAMAR, ESTADÃO PME,

28 de junho de 2013 | 06h39

 Em vez de enfrentar os desafios de logística para transportar e vender o açaí, o interessado pode investir em uma franquia que atua com o produto. No caso da Açaí no Ponto, existem opções para abrir unidades reduzidas, do tamanho de um caixa eletrônico, e quiosques cujo espaço varia conforme o local de instalação.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A operação da rede começou com o conceito de levar o açaí para dentro das faculdades. “A ideia é ser uma alternativa para os doces e salgados vendidos. Entramos com um quiosque com layout moderno e prezamos pela higiene”, afirma o diretor Vander Aerosa. O investimento para abrir uma unidade da rede começa em R$ 80 mil e pode chegar a R$ 240 mil. Com 42 unidades, a expectativa é atingir 100 pontos e vender 200 toneladas por mês do produto até o fim do ano.

A meta da rede Açaí.com também é fechar o ano com 100 unidades. Com atuação mais forte em Minas Gerais, o diretor de expansão do negócio, Tony Camargos Rangel, espera ganhar mercado em outros estados e chegar em São Paulo e Rio de Janeiro. “Nossas lojas são voltadas para um público jovem e moderno. A ideia é desvincular a imagem do açaí do índio”, afirma Tony Rangel.

Para abrir uma unidade da Açaí.com é exigido um investimento de R$ 130 mil, com previsão de retorno de 18 meses e um faturamento médio de R$ 60 mil por mês.

:: Leia também ::

Pequenos querem crescer com o açaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.