Força empreendedora: eu quero que dê certo e passo isso para a minha equipe, diz empresário

Gustavo Mota, da empresa We do Logo, encerra a série de documentários sobre startups

ENDEAVOR,

22 de setembro de 2014 | 06h58

Ser empreendedor não é fácil, muita gente não acredita no negócio no começo. Mas a força do empresário por trás da empresa, na maioria das vezes, é fundamental para o negócio efetivamente decolar. É exatamente assim que pensa Gustavo Mota, o idealizador da We Do Logos, a maior rede de designers freelancers do Brasil. "Eu quero dê certo. E eu passo isso para a equipe, sabe. Faça o melhor, faça o certo. Vamos fazer uma coisa que vai mudar o mundo", afirma o empreendedor.

Confira neste vídeo a história de Gustavo Mota.

Perdeu algum vídeo da série? Confira

Não tolero a desigualdade social no Brasil

A arte de fazer aquilo que se gosta sem ter nada

O momento mais difícil é o começo

É preciso estar de corpo e alma

Você quer mudar a vida das pessoas?

 

Tudo o que sabemos sobre:
Endeavor

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.