Quentinha, crocante e com molho, batata frita fica pronta em apenas dois minutos
Quentinha, crocante e com molho, batata frita fica pronta em apenas dois minutos

Finalmente é inventada a máquina automática de batata frita

Crédito da criação vai para um grupo de holandeses reunidos na universidade de Wageningen; máquina ainda vai demorar a chegar para o consumidor

Estadão PME,

09 de setembro de 2015 | 07h03

Em um mundo onde se compra de livros à refrigerantes em máquinas automáticas instaladas dentro do Metrô, por que não colocar algumas moedas e retirar na hora uma porção bem servida de batata frita?

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Um grupo de empreendedores e estudantes holandeses merecem os créditos pela invenção. Eles desenvolveram uma vending machine que, em dois minutos, transforma tiras congeladas de batatas em um pote de batata frita, com direito a molho de maionese, curry ou ketchup, segundo a escolha do freguês.

A nota triste é que a novidade deve demorar algum tempo até satisfazer o apetite dos interessados. É que ainda se trata de um protótipo dentro do laboratório da universidade de Wageningen, na Holanda.

Por outro lado, o dado positivo é que os inventores de plantão podem se inspirar no conceito, programado para entrar em circulação em alguns anos, e tentar correr atrás do prejuízo, quem sabe lançando uma versão por aqui.

Interessados, assistam o vídeo abaixo e bom trabalho.


Tudo o que sabemos sobre:
EmpreendedorismoEstadão PME

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.