Reprodução Site
Reprodução Site

Ferramenta traduz automaticamente o cardápio para turista acessá-lo por meio do smartphone

Donos de restaurantes podem ter versões do cardápio em diversos idiomas

ESTADÃO PME,

07 de agosto de 2013 | 07h39

Ao notar a dificuldade dos estabelecimentos comerciais na hora de atender os estrangeiros, o publicitário João Felippe Barbosa resolveu desenvolver uma solução e chegou ao MyChoice. A solução inclui a tradução de todo o conteúdo do cardápio, hospeda a informação e imprime etiquetas adesivas com QR Code para o cliente acessar o cardápio em outras línguas via smartphone ou tablet.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

"O Brasil já recebe estrangeiros todos os dias e não é só por causa da Copa do Mundo e das Olimpíadas. A ideia surgiu de uma necessidade que o Brasil enfrenta", pontua Barbosa. Os restaurantes ainda têm a dificuldade de contratar mão de obra especializada, que vai encarecer a folha de pagamento.

"O MyChoice é uma solução simples que permite o estabelecimento ter o cardápio no idioma que o dono quiser", destaca Barbosa. Funciona assim: a empresa traduz o cardápio no idioma escolhido pelo dono do restaurante (até cinco idiomas) e inclui a informação em um site. No restaurante, o proprietário pode colocar o QR Code no próprio cardápio ou ainda em displays para mesas com a informação sobre o serviço. Para acessar o cardápio traduzido, o cliente precisa ter um leitor de QR Code no celular.

Lançado há um mês, o MyChoice tem como meta atingir pelo menos 10 empresas por mês até o fim do ano. Um dos locais com a ferramenta é o Bistro de Paris, localizado na Rua Augusta, nos Jardins, em São Paulo. O proprietário Pierre Murcia resolveu oferecer o serviço para seu cliente porque o restaurante está localizado próximo de hotéis e recebe pessoas do mundo inteiro.

"Sentimos a necessidade de ter uma ferramenta muito melhor do que simplesmente ter um cardápio em inglês e ficar mudando no papel", afirma Murcia. Atualmente, o Bistro de Paris tem o cardápio no papel em português e em francês. Na versão online, está disponível em inglês. Em outubro, o cardápio estará disponível em mais quatro línguas via MyChoice: espanhol, japonês, chinês e alemão. Os clientes com deficiência visual podem acessar a narração do cardápio em português, francês e inglês.

Valores. O dono do restaurante que contratar o serviço vai pagar mensalidades, que incluem a hospedagem das informações e as alterações. A mensalidades custam a partir de R$ 100, e os valores variam de acordo com a quantidade de itens de cardápio e de idiomas contratados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.