Suplicy Cafés, de Marco Suplicy, vai participar pela primeira vez
Suplicy Cafés, de Marco Suplicy, vai participar pela primeira vez

Feira de franquias deve movimentar R$ 550 milhões; saiba como aproveitar as oportunidades

Evento, que começa nesta quarta-feira, tem previsão de atrair 62 mil visitantes em quatro dias

Gisele Tamamar, Estadão PME,

23 de junho de 2015 | 07h00

Começa nesta quarta-feira, 24, em São Paulo a ABF Franchising Expo, a maior feira de franquias do mundo, com a estimativa de movimentar R$ 550 milhões em negócios e receber 62 mil visitantes em quatro dias de evento. Quem visitar a 24ª edição da feira vai encontrar 480 marcas e opções de investimento que oscilam entre R$ 20 mil e R$ 2 milhões.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

As projeções para a feira deste ano são maiores em relação ao ano passando, quando 60 mil pessoas estiveram no Expo Center Norte e fizeram negócios da ordem de R$ 520 milhões. Mesmo com um cenário de retração econômica, a expectativa positiva é justificada pelos números que o franchising já apresentou nos primeiros meses do ano, segundo o diretor de capacitação e eventos da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Juarez Leão.

O setor cresceu 9,2% no trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado. Descontada a inflação, o desempenho real foi de 5,7%. De acordo com Leão, em momentos de crise, a franquia desperta maior interesse do possível empreendedor por ser um negócio já formatado. "A franquia tem uma capacidade de reação ao momento com lançamentos de promoções e novos produtos que um varejista tradicional dificilmente conseguiria fazer", defende o diretor da ABF.

:: Leia também ::

De R$ 6 mil a R$ 1,3 milhão: conheça 35 opções de franquias para investir

Dez franquias para investir com até R$ 90 mil

Dez franquias conhecidas para investir e se dar bem ainda neste ano

Franquias que estimam um faturamento mensal entre R$ 90 mil até R$ 100 mil

Dez franquias que estimam um retorno do investimento em até um ano

O ingresso, válido para os quatro dias de feira, custa R$ 70. A recomendação para quem vai visitar o evento é fazer um planejamento prévio para saber quais marcas pretende conhecer melhor. Segundo Leão, muitos visitantes chegam na feira sem conhecer nenhuma operação e em duas horas de conversa já querem sair com o negócio fechado. "Fazemos uma analogia com o casamento. Ninguém conhece uma pessoa às 14h e às 16h quer casar com ela. Não pode ser uma decisão imediatista", destaca.

A recomendação é o interessado escolher com qual segmento mais se identifica, com quais marcas tem afinidade e qual o valor do investimento que pretende desembolsar. É recomendado ainda a pessoa, após esse primeiro contato na feira, visitar franqueados da marca e até conversar com consumidores.

Em média, os investidores visitam a feira em dois dias distintos. A recomendação é ir durante a semana, afinal, no sábado o evento registra o maior número de visitantes e uma conversa com o franqueador fica, portanto, mais disputada. A ABF também vai promover cursos com duração de duas horas na feira para ajudar os candidatos na escolha da franquia.

Estreia. A ABF Expo terá 78 marcas que participarão pela primeira vez do evento. Uma delas é o Suplicy Cafés. O negócio foi criado em 2003 e começou a franquear unidades há quatro anos. "Antes éramos muito pequenos. O último ano foi de reestruturação e agora temos toda uma equipe para dar suporte ao franqueado", afirma Marco Suplicy, fundador da empresa.

Atualmente, a rede tem 11 lojas em operação e uma em obras. A expectativa é abrir mais oito este ano. Começar uma franquia da marca exige investimento a partir de R$ 280 mil, com retorno previsto em 36 meses e faturamento médio mensal de R$ 60 mil. Com sede em São Paulo, a rede não descarta abrir lojas em outros estados. "Não temos restrições e avaliamos o potencial de crescimento do local", afirma o gerente de expansão, Marco Alves.


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.