Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Feira de franquias deve movimentar mais de meio bilhão em negócios

Evento ocorre entre 4 e 7 de junho, em São Paulo

Estadão PME,

26 de maio de 2014 | 06h55

O setor de franquias no Brasil cresceu 11,9% em 2013 e registrou, com isso, faturamento superior a R$ 115 bilhões. Para este ano as previsões giram em torno de 10%, mas a Associação Brasileira de Franchising (ABF) está otimista, já antevendo o sucesso da 23ª edição da sua exposição anual – a feira pode movimentar R$ 520 milhões em negócios. Nesse sentido, já está confirmada a participação no evento de 480 marcas e espera-se 66 mil visitantes (três mil a mais que em 2013).

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Segundo a ABF, as franquias responderam, no ano passado, pela criação de 1.029.681 empregos diretos. Prevista para a semana anterior à Copa do Mundo, a 23ª exposição da ABF tem como destaque um grande número de marcas novas e de diferentes áreas, 44 ao todo. “Esse é um diferencial importante e que certamente contribuirá para um maior volume de negócios”, informa Keller de Paula, diretora de comunicação e marketing da associação. A edição anterior totalizou R$ 480 milhões em negócios.

Outro destaque do encontro anual de franchising é a participação dos shoppings – o País conta hoje com 495 estabelecimentos comerciais e eles têm sido a preferência dos franqueados para abertura de lojas e quiosques. Só no ano passado, o total de franquias nesses centros de compras ultrapassou duas mil unidades. A entidade também tem percebido um crescente interesse por cursos e palestras em sua feira anual.

:: Leia também ::

Empresa vai a aeroportos e aposta em qualidade

Limpeza de casa, uma grande novidade para o público feminino

“Daí a presença de especialistas, consultores que vão procurar atender aos visitantes ávidos por informações para instalarem ou turbinarem suas franquias. Os interessados estão cada vez mais conscientes de que, para prosperar, é fundamental conhecer o negócio a fundo. O interesse por estar bem preparado faz com que estejam previstas turmas de até 150 pessoas”, conta Keller.

A feira também é uma ótima oportunidade para que o franqueador possa expor sua marca. Tom Ricetti, por exemplo, vai levar a Pão To Go – um drive-thru de pães – pela primeira vez à feira. A franquia, criada no fim de 2012, conta atualmente com 115 contratos assinados. O negócio foi a maneira que Ricetti encontrou para acabar com as constantes filas que enfrentava nas padarias.

“A ideia é garantir um rápido atendimento e com baixo custo. Comecei com um drive-thru e já estou lançando o walk-thru para quem está a pé em rodoviárias ou estações de metrô. Outro lançamento nosso é o Pão To Go Express, só para produtos de padaria e confeitaria e ainda o quiosque de Escondidinho. Estamos já em quase todo o Brasil. Só não entramos ainda em Santa Catarina e no Piauí. Mas quero ter pelo menos uma loja em todas as cidades com mais de 35 mil habitantes”, afirma o empreendedor. Ricetti destaca ainda que os franqueados não manipulam a massa usada nos produtos. “Só têm que, a cada sete minutos, ligar um forno para assar a massa.”

Meta. Outra estreia na feira da ABF é da Malwee, empresa de moda que aderiu ao sistema de franquias para aproximar-se do consumidor. A Malwee Franquias administra hoje quatro redes de lojas com mais de 100 unidades em shoppings de todo o Brasil. “Nossa meta para 2014 é dobrar o número de lojas das redes, fechando novas parcerias duradouras com franqueados operadores de sucesso”, destaca o gestor de varejo do grupo, Rodrigo Englert.

:: Franquia exige atenção redobrada ::

Franquia não é coisa para amadores. Exige muitos cuidados para o negócio prosperar, ensina o professor Claudio Felisoni de Angelo, da FIA

Perfil

Como um empreendimento e investimento de risco, requer pessoa que não tenha medo de se aventurar numa área de risco

Profissional

É preciso se preparar. Não pode agir de maneira amadora, pois os concorrentes estão cada vez mais se profissionalizando

Análise

Envolve decisão estratégica com análise cuidadosa dos investimentos, fluxo de caixa e taxa de retorno para evitar perdas

Operação

É preciso saber se está comprando só uma marca ou uma operação. Atenção para que o negócio seja completo para que dê certo

Contrato

Examinar a fundo o contrato para evitar surpresas desagradáveis e conversar com pessoas que tenham a mesma franquia

 

Tudo o que sabemos sobre:
franquiasABFfeira ABFEstadão PME

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.