No primeiro trimestre de 2015, o faturamento das MPEs diminuiu 12,8%
No primeiro trimestre de 2015, o faturamento das MPEs diminuiu 12,8%

Faturamento das micro e pequenas empresas de São Paulo cai 4,8% em março

Queda no primeiro trimestre é de 12,8% em relação a 2014

Hermínio Bernardo, especial para O Estado,

01 de junho de 2015 | 17h15

O faturamento das micro e pequenas empresas (MPEs) do Estado de São Paulo caiu 4,8% em março em comparação com o mesmo mês do ano passado. A terceira queda seguida é reflexo do desempenho mais fraco da economia brasileira em 2015, aponta pesquisa Indicadores Sebrae-SP. Os números já descontam a inflação.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Em comparação com fevereiro, houve aumento de 6,1% na receita real das PMEs. Em março a receita real foi de R$ 46,9 bilhões, R$ 2,7 bilhões acima do mês anterior e R$ 2,4 bilhões a menos que em março de 2014. No primeiro trimestre de 2015, o faturamento das MPEs diminuiu 12,8% em relação aos três primeiros meses do ano passado.

O pior cenário foi registrado na região do Grande ABC, com queda de 8,5% no faturamento de março de 2015 em relação a 2014. Já na cidade de São Paulo, o recuo foi de 5,1% e na Região Metropolitana d e 2,2%.

“A situação ruim da economia continua impactando negativamente nos resultados das micro e pequenas empresas. O desaquecimento do mercado interno, do qual os negócios de pequeno porte são muito dependentes, atinge diretamente o caixa”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, ao portal do Sebrae.

Tudo o que sabemos sobre:
SebraeMPEsfaturamentoSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.