Adriano Faleiros/AE
Adriano Faleiros/AE

Faturamento da pequena indústria cresce 9,4% em 12 meses

Levantamento do Sebrae paulista leva em conta os resultados de julho de 2012 com igual período do ano passado; setor de serviços cai pela primeira vez em três anos

Estadão PME,

11 de setembro de 2012 | 12h03

As micro e pequenas empresas paulistas registraram crescimento de 4,9% no faturamento de julho de 2012, em comparação ao mesmo mês do ano passado. O levantamento foi divulgado nesta terça-feira (11) pelo Sebrae-SP.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O destaque do período fica para a indústria, com alta de 9,4%. O setor, no entanto, é seguido de perto pelo desempenho do comércio, que registrou evolução de 9,2%.  Na soma de todos os segmentos da economia que integram as micro e pequenas empresas, o resultado aponta para alta de R$ 2 bilhões no faturamento do setor.

Serviços. O ponto preocupante fica para as empresas da área de serviços, que contabilizaram seu primeiro resultado negativo desde 2009, quando a economia brasileira passou a sentir os impactos de uma crise econômica iniciada nos Estados Unidos e com impactos em todo o mundo. Em julho, o faturamento do setor sofreu queda de 2,8%. Como comparação, em julho de 2011, o segmento havia registrado alta de 10,9%.

Já no acumulado do ano, de janeiro a julho, as MPEs tiveram 7,2% de aumento na receita real. Esse número representa um menor ritmo de expansão ante o contabilizado nos primeiros cinco meses do ano (de janeiro a maio), que teve um crescimento acumulado de 8,9%.

Tudo o que sabemos sobre:
SebraeIndústriaServiçosComércio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.