Divulgação
Divulgação

Facebook quer que PMEs priorizem vídeos entre suas postagens

Medida faz parte da estratégia global da companhia de atrair mais conteúdos audiovisuais para a plataforma

Renato Jakitas, O Estado de S. Paulo,

18 de dezembro de 2014 | 07h20

O Facebook está determinado a atrair conteúdo em vídeo para dentro de sua plataforma. E isso inclui os perfis pessoais e também as fanpages de pequenos negócios.

No ano passado, a rede social divulgou que, lentamente, começaria a vender anúncios em vídeo. E, até que a estratégia seja colocada em prática, a mensagem empírica é a de que o expediente audiovisual passe a ser rotina na timeline dos usuários e clientes.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Segundo o Facebook, mais de 800 mil pequenas e médias empresas postaram mais de 3 milhões de vídeos em setembro de 2014, justamente quando a plataforma atualizou o feed de notícias para exibir mais conteúdo audiovisual. Nesse novo contexto, e pagando ou não para impulsionar a postagem, o empreendedor deve estar preparado para incluir esse expediente na divulgação de seu negócio, sob pena de perder relevância na rede (o Facebook pode mexer em seus algoritmos para ampliar o alcance dos posts com vídeos). 

Segundo Patrick Hruby, que lidera a área de pequenas empresas do Facebook na América Latina, não é necessário encampar megaproduções para colocar um vídeo no ar na plataforma. “Tem uma empresa de bolos que mostra a calda do chocolate caindo. É simples e o resultado dela é excelente”, conta Hruby. “O segredo é investir nos três primeiros segundos. Nossos estudos indicam que quem passa os três primeiros segundos tende a assistir o vídeo até o final”, complementa.

Tudo o que sabemos sobre:
FacebookAmerica Latina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.